O Despertar da Sustentabilidade

O Despertar da Sustentabilidade

Não são recentes os debates sobre o meio ambiente, tendo a primeira conferência sobre o assunto sido realizada em Estocolmo, em 1972. A questão nunca foi o debate em si mas sim a conscientização, o desejo de mudança expresso quando os líderes das maiores potências do mundo se reúnem em função de um bem maior: o meio ambiente.

Claro que essas conferências foram cruciais para implementação de diversas leis ambientais e parâmetros que garantem a boa qualidade e manutenção do meio ambiente, porém um dos pontos mais interessantes abrangidos nesse tipo de evento são as inovações tecnológicas voltadas à sustentabilidade, desde o desenvolvimento de novas fontes de energia até o uso de materiais biodegradáveis sintéticos em obras de grande porte.

Atualmente vivenciamos o despertar de uma consciência ambiental, voltada ao chamado “desenvolvimento verde”, que basicamente significa uma contínua pesquisa no desenvolvimento tecnológico, porém pensando nas questões ambientais que antes eram deixadas de lado.

“Algumas pessoas não gostam de mudanças, mas é preciso abraçar a mudança se a alternativa é o desastre” Elon Musk

Elon Musk, CEO da Tesla Motors, empresa de carros elétricos que vem competindo com as grandes automobilísticas no mundo todo. Vivemos para ver o dia em que uma empresa  que usa energia alternativa fornece os automóveis para o departamento de polícia dos Estados Unidos.

Vivemos também para ver o dia em que empreendimentos de grande porte adequam sua linha de produção em razão do “Selo Verde”, que estampa um empreendimento sustentável e aumenta a credibilidade do negócio. O dia em que grandes empresas fecham as portas por impactarem o meio ambiente sem restrições, e que assistimos países importando lixo, pois com os avanços nas fontes renováveis, todo o resíduo gerado é convertido em energia.

Impossível também deixar de citar o conceito da “bioarquitetura”, que consiste em aproveitar os recursos do ambiente em construções, visando o maior aproveitamento do cenário natural, um recurso que inovou todo mundo da construção dando espaço à uma realidade melhor adequada ao modelo da sustentabilidade na arquitetura.

Felizmente, vivemos para ver o amanhecer de uma sociedade mais consciente com o meio ambiente, que se preocupa com o desenvolvimento, mas também com o bem estar do planeta e das gerações futuras.

 Por Raphael Rembischewski

 
Share

Recommended Posts